O teste de gravidez online é uma ferramenta prática e simples que permite avaliar a probabilidade de uma mulher engravidar, com base na avaliação de alguns sinais, sintomas e comportamentos.

Há maiores chances de engravidar fazendo sexo desprotegido durante o período fértil, pois isso aumenta muito as chances de o espermatozoide atingir um óvulo maduro, resultando em fertilização e gravidez.

Publicidade - OTZAds

Para descobrir suas chances de engravidar, responda às perguntas do teste:

O que aumenta as chances de gravidez?

As chances de gravidez aumentam quando a mulher tem relação sexual durante o período fértil e não usa métodos contraceptivos, como camisinha, pílula, adesivo anticoncepcional ou DIU, por exemplo. Além disso, quando uma mulher muda de método anticoncepcional ou esquece de tomar a pílula, por exemplo, há também a possibilidade de engravidar.

No entanto, para que a gravidez seja uma possibilidade, a mulher precisa estar em seu período fértil, que dura em média 6 dias e ocorre de 10 a 14 dias após o primeiro dia da menstruação. Veja mais sobre o período fértil.

Veja Também:

Descubra agora se você está grávida! teste de gravidez no celular
Aplicativo para medir a pressão arterial: Conheça os mais famosos!

Como confirmar se está grávida

Para confirmar a gravidez, é importante que a mulher esteja ciente da presença de sintomas e que faça um exame de farmácia e de sangue para confirmar a gravidez e a semana em que se encontra, além de consultar o ginecologista em caso de suspeita.

Publicidade - OTZAds

Primeiros sintomas de gravidez

O primeiro sinal de gravidez é a menstruação tardia, que pode ser mais facilmente percebida em mulheres que têm um ciclo menstrual mais regular. Além disso, algumas mulheres podem apresentar outros sintomas decorrentes da fecundação e implantação do embrião no útero, sendo os principais:

  • Corrimento vaginal rosa;
  • Cólica e/ou inchaço;
  • Aumento da necessidade de urinar;
  • Enjoo de movimento;
  • Tontura;
  • Cansativo fácil;
  • Seios mais sensíveis.

Além disso, a mulher também pode notar um corrimento vaginal mais espesso e dor na região lombar, por exemplo, e é recomendado que ela faça um teste de gravidez para que a gravidez possa ser confirmada. Saiba mais sobre outros sintomas de gravidez precoce.

Teste de gravidez de farmácia

O teste de gravidez de farmácia é uma maneira rápida de descobrir se você está grávida ou não, e é recomendável fazê-lo a partir do primeiro dia de atraso menstrual. Este teste mede a quantidade de beta-HCG na urina, que é um hormônio que é produzido em quantidades aumentadas durante a gravidez.

Assim, para fazer este teste, é recomendado que a mulher urine no recipiente que acompanha o kit de teste, e recomenda-se coletar a primeira urina pela manhã, por ser mais concentrada. Em seguida, você precisa mergulhar a tira de teste na urina e aguardar cerca de 5 minutos para ver se houve reação. Um resultado positivo é indicado quando duas linhas aparecem na tira de teste.

Se apenas uma linha for vista, o teste é considerado negativo, mas se a mulher apresentar sinais e sintomas de gravidez, recomenda-se que repita o teste após 3 a 5 dias, pois há maior concentração de beta-HCG circulando. Saiba mais sobre o teste de gravidez de farmácia.

Publicidade - OTZAds

Teste de laboratório

O teste de laboratório é o teste mais indicado para confirmar a gravidez, pois indica a concentração de beta-HCG circulante, por menor que seja, confirmando não só a gravidez, mas também a semana de gestação, de forma mais precisa, que a mulher encontra-se. Esse teste pode ser feito antes do atraso menstrual, porém é mais recomendado que seja feito 12 dias após o período fértil ou no primeiro dia após o atraso, utilizando uma amostra de sangue, que é analisada em laboratório.

O que é beta-HCG?

O beta-HCG, também conhecido como hormônio gonadotrofina coriônica, é um hormônio cuja produção ocorre principalmente durante a gravidez e, portanto, a avaliação de sua concentração no sangue e na urina é útil para detectar a gravidez.

Esse hormônio tem sua concentração aumentada durante a gravidez para manter o corpo lúteo no ovário, inibindo a menstruação e impedindo uma nova ovulação, ou seja, permitindo que a gravidez se desenvolva.